O SFN é um sistema baseado em resultados de trabalhos de pesquisa e de campo que visa nutrir e estimular a planta, reduzindo as perdas provocadas por fatores bióticos e abióticos (doenças e pragas) durante todo o ciclo fenológico da cultura.


O potencial genético de todas as culturas só poderá ser atingido a medida em que as perdas forem minimizadas. Atualmente, na soja, consegue-se explorar, em média, 35% desse potencial, sendo que 9% das perdas esta relacionada a fatores bióticos e 56% a fatores abióticos.