Compartilhar:

A produção de grãos em Mato Grosso deve chegar a 55,943 milhões de toneladas na safra 2016/2017. O volume significa um aumento de 28,8% ante as 43,425 milhões do ciclo passado. A perspectiva é que o aumento seja provocado caso as elevações previstas em 52,4% da 2ª safra de milho e de 16,6% da soja se concretizem. A produção estimada no Estado equivale a 25,5% das 219,609 milhões de toneladas apontadas para o Brasil.

Os números foram revelados pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) em seu quinto levantamento da safra 2016/2017. Segundo o estudo, a área destinada à produção de grãos cresceu 2,8% entre uma safra e outra e tende a chegar a 14,398 milhões de hectares. Em termos de produtividade as projeções apontam 3.885 quilos por hectare, uma alta de 25,3%.

O crescimento em 28,8% da produção de grãos mato-grossenses deverá ser puxado principalmente pelo milho 2ª safra, cuja perspectiva é de 22,966 milhões de toneladas. O volume significa 52,4% de aumento ante as 15,072 milhões de toneladas colhidas no ciclo 2015/2016.

De acordo com a Conab, quanto à soja são esperadas 30,341 milhões de toneladas. Um incremento de 16,6% em comparação as 26,030 milhões colhidas na safra passada. 

Em algodão a Conab prevê para Mato Grosso 2,387 milhões de toneladas, que após beneficiamento devem resultar 1,432 milhão de toneladas de toneladas de caroço e 954,8 mil toneladas de pluma. O aumento estimado é de 8,4% nesta safra.

Fonte: Agrolink