Compartilhar:

Levantamento divulgado nesta sexta-feira (3) pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) aponta que o Estado já plantou 43,1% da área de milho 2ª safra acompanhada pelo Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), projeto criado e mantido pela entidade.

A Aprosoja/MS projeta plantio de 1,800 milhão de hectares de milho 2ª safra. Até o dia 24 de fevereiro, data da última coleta de dados realizada pelo Siga MS, a região sul apresentava plantio mais avançado, com porcentagem média de sua área plantada em torno de 46%. A região norte apresentava média parecida, com 44,6% da 2ª safra semeada e, a região centro, com 33,5% de sua área plantada.

Produção total

A entidade ainda estima que o Estado produza um volume de grãos de 9,180 milhões de toneladas. Houve quebra na safra 2015/2016 de milho, deixando a produção de Mato Grosso do Sul na marca de 6,098 milhões de toneladas de cereal colhido. Para a 2ª safra 2016/2017, por outro lado, a projeção é 50,5% superior ao resultado obtido no ano anterior.

Em relação à área, o total a ser plantado será 3,4% superior ao 1,74 milhão de hectares semeados na 2ª safra do ano passado, caso o número de 1,8 milhão de hectares se confirme.

Produtividade

Com isso, a produtividade também deve subir, segundo a estimativa da Aprosoja/MS. Devido aos problemas climáticos registrados em 2016, a produtividade média de MS foi de 58,4 sc/ha. Na safra 2016/2017, no entanto, pode chegar a 85 sc/ha.